SOBRE NÓS

Fundado em 1998, o CELS – Centro Educacional Luz do Saber abriga quatro unidades na cidade de Salvador-BA. (Cajazeiras, Stella Maris, Villas do Atlântico e Itaigara).

Atendemos crianças do Berçário (6 meses) à Educação Infantil (Grupo 5), em todas as unidades e até o Ensino Médio na Unidade Cajazeiras, além de oferecer a opção de turno integral e turno complementar da Educação Infantil ao Ensino Fundamental – séries iniciais. 

No CELS, acreditamos que todas as crianças e jovens podem se desenvolver partindo de suas próprias potencialidades, aliadas ao nosso compromisso com a qualidade das situações de aprendizagem propostas.

Esta convicção nos mobiliza e impulsiona a desenvolver um programa de capacitação técnica constante entre os membros da nossa equipe – formada por profissionais diferenciados e em constante processo de avaliação.

A busca incessante por formas eficientes e estimulantes de ensinar e aprender motiva o nosso trabalho.

PROPOSTA PEDAGÓGICA

O Centro Educacional Luz do Saber orienta suas práticas pedagógicas à luz da perspectiva sociointeracionista, apoiando-se nas concepções de teóricos como Piaget e Vygostsky, além de Wallon, Ausubel e Gardner.

Nossa trajetória é marcada pelo pleno desenvolvimento dos(as) nossos(as) estudantes, compromisso sobre o qual se alicerçam nossas crenças pedagógicas, apoiadas pela pedagogia de projetos.

O CELS possui um currículo diversificado, voltado para o desenvolvimento das habilidades e competências inerentes à cada faixa etária e motivado por uma equipe profissional de excelência, em um ambiente rico e desafiador, por meio de atividades curriculares e extracurriculares.

Como primeira etapa da Educação Básica, a Educação Infantil é o início e o fundamento do processo educacional.
A entrada na creche ou na pré-escola significa, na maioria das vezes, a primeira separação das crianças dos seus vínculos afetivos familiares
para se incorporarem em uma situação de socialização estruturada.  
(…) De acordo com os eixos estruturantes da Educação Infantil
(interações e brincadeiras), devem ser assegurados seis direitos de aprendizagem e desenvolvimento: Conviver, Brincar, Participar,
Explorar, Expressar, Conhecer-se. 

 
Fonte: Ministério da Educação – MEC

A nossa Educação Infantil estrutura-se através de objetivos organizados por faixa etária, considerando os direitos de aprendizagem e desenvolvimento de cada criança. Nesse sentido, estabelecemos os campos de experiências, nos quais as crianças podem aprender e se desenvolver com plenitude:

• O eu, o outros e o nós;

• Corpo, gestos e movimentos;

• Traços, sons, cores e formas;

• Oralidade e escrita;

• Espaços, tempos, quantidades, relações e transformações.

O Ensino Fundamental, com nove anos de duração, é a etapa mais longa da Educação Básica, atendendo estudantes entre 6 e 14 anos. Há, portanto, crianças e adolescentes que, ao longo desse período, passam por uma série de mudanças relacionadas a aspectos físicos, cognitivos, afetivos, sociais, emocionais, entre outros. Como já indicado nas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de Nove Anos (Resolução CNE/CEB nº 7/2010), essas mudanças impõem desafios à elaboração de currículos para essa etapa de escolarização, de modo a superar as rupturas que ocorrem na passagem não somente entre as etapas da Educação Básica, mas também entre as duas fases do Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais.

Fonte: Ministério da Educação – MEC

ANOS INICIAIS – 1º ao 5º

O Ensino Fundamental (assim como o Ensino Médio) está organizado em quatro áreas do conhecimento. Tais áreas “favorecem a comunicação entre os conhecimentos e saberes dos diferentes componentes curriculares” (BRASIL, 2010). Elas se intersectam na formação dos alunos, preservando as especificidades e os saberes próprios, construídos ao longo da vida escolar.

No decorrer do Ensino Fundamental – Anos Iniciais, o desenvolvimento das aprendizagens se consolida a partir das vivências cognitivas e sociais apreendidas pelas crianças.

Esta fase caracteriza-se pela “ampliação das práticas de linguagem e da experiência estética e intercultural das crianças, considerando tanto seus interesses e expectativas quanto o que ainda precisam aprender.” (Brasil 2017)

A consolidação da aprendizagem da escrita e da leitura, além das relações que envolvem a aprendizagem matemática, na natureza e sociedade, são princípios básicos. Exercitar o espírito investigativo, aprender a trabalhar em parceria e a defender ideias e opiniões também reforçam objetivos traçados para esta etapa escolar.

O Ensino Fundamental, com nove anos de duração, é a etapa mais longa da Educação Básica, atendendo estudantes entre 6 e 14 anos. Há, portanto, crianças e adolescentes que, ao longo desse período, passam por uma série de mudanças relacionadas a aspectos físicos, cognitivos, afetivos, sociais, emocionais, entre outros. Como já indicado nas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de Nove Anos (Resolução CNE/CEB nº 7/2010), essas mudanças impõem desafios à elaboração de currículos para essa etapa de escolarização, de modo a superar as rupturas que ocorrem na passagem não somente entre as etapas da Educação Básica, mas também entre as duas fases do Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais.

Fonte: Ministério da Educação – MEC

ANOS INICIAIS – 1º AO 5º

O Ensino Fundamental (assim como o Ensino Médio) está organizado em quatro áreas do conhecimento. Tais áreas “favorecem a comunicação entre os conhecimentos e saberes dos diferentes componentes curriculares”(BRASIL, 2010). Elas se intersectam na formação dos alunos, preservando as especificidades e os saberes próprios, construídos ao longo da vida escolar.

No decorrer do Ensino Fundamental – Anos Iniciais, o desenvolvimento das aprendizagens se consolida a partir das vivências cognitivas e sociais apreendidas pelas crianças.

Esta fase caracteriza-se pela “ampliação das práticas de linguagem e da experiência estética e intercultural das crianças, considerando tanto seus interesses e expectativas quanto o que ainda precisam aprender.” (Brasil 2017)

A consolidação da aprendizagem da escrita e da leitura, além das relações que envolvem a aprendizagem matemática, na natureza e sociedade, são princípios básicos. Exercitar o espírito investigativo, aprender a trabalhar em parceria e a defender ideias e opiniões também reforçam objetivos traçados para esta etapa escolar.

Ao longo do Ensino Fundamental – Anos Finais, os estudantes se deparam com desafios de maior complexidade, sobretudo devido à necessidade de se apropriarem das diferentes lógicas de organização dos conhecimentos relacionados às áreas. Tendo em vista essa maior especialização, é importante, nos vários componentes curriculares, retomar e ressignificar as aprendizagens do Ensino Fundamental – Anos Iniciais no contexto das diferentes áreas, visando ao aprofundamento e à ampliação de repertórios dos estudantes. Nesse sentido, também é importante fortalecer a autonomia desses adolescentes, oferecendo-lhes condições e ferramentas para acessar e interagir criticamente com diferentes conhecimentos e fontes de informação.

Fonte: Ministério da Educação – MEC

Nessa fase os(as) estudantes inserem-se em uma faixa etária que corresponde à transição entre infância e adolescência, marcada por intensas mudanças decorrentes de transformações biológicas, psicológicas, sociais e emocionais.

Ampliam-se também as possibilidades intelectuais e intensifica-se a capacidade de raciocínios mais abstratos. Os estudantes tornam-se mais capazes de ver e avaliar os fatos pelo ponto de vista do outro, exercendo a capacidade de descentração, “importante na construção da autonomia e na aquisição de valores morais e éticos” (BRASIL, 2010).

Desenvolver hábitos de estudo para aprofundar conceitos e ser capaz de propor soluções a problemas nas diversas áreas do conhecimento, exercitando a criatividade e o raciocínio lógico, são estratégias que se consolidam nessa etapa da vida escolar.

FASE DE DESENVOLVIMENTO CONTINUO

Nesse segmento, a escola contribui para o delineamento do projeto de vida dos estudantes, ao estabelecer uma articulação não somente com os anseios desses jovens em relação ao seu futuro como também com a continuidade dos estudos, na Universidade.

A construção de conhecimento cada vez mais sólido, a capacidade de organizar-se e sistematizar suas aprendizagens, aliam-se ao desenvolvimento emocional – que preparam o(a) jovem para enfrentar situações cotidianas, não só de avaliação formativa, mas relacionadas a desafios que enfrentarão no mundo adulto.

VISITE-NOS!

Saiba mais informações através dos nossos telefones!

3395.0371 / 3019.3462 / 3017.6159 / 3024.2191

DIFERENCIAIS

TRANSPORTE ESCOLAR

Fornecemos transporte para seu filho com segurança, agilidade e conforto!

ESCOLA DE MÚSICA

Aqui o seu filho aprende mais. Possuímos docência para aulas de música em espaço climatizado e acusticamente preparado.

SALAS MULTIMÍDIAS

Uma geração antenada e moderna está presente nossa sala de aula. Por isso, nós, preparamos uma infraestrutura moderna e confortável que atenda às necessidades do seu filho!

AULAS DE CAMPO

Lições apreendidas que favorecem a interação interdisciplinar através de uma abordagem diferente que promove a reflexão sobre determinados temas da nossa realidade.

CLIQUE E ACESSE O SISTEMA ACADÊMICO SEI

Escola Luz do Saber

Rua Dr. Edson Teixeira Barbosa, Caminho 14, nº 1
Fazenda Grande II – Salvador – Bahia
Tel.: 71-33950371
Atendimento: de segunda à sexta, das 7h às 18h

Todos os direitos reservados | Escola Luz do Saber – 2016